Trabalhar demasiado

Tema: Necessito ultrapassar o meu hábito de trabalhar demasiado ou muitas horas.

Como se pode desenvolver hábitos que ajudam a criar um melhor equilíbrio entre a vida pessoal e profissional e evitar um esgotamento? Em primeiro lugar, é preciso começar por reconhecer que trabalha demais, está a sentir-se muito cansado/a e precisa fazer algo diferente. Aliás, trabalhar muito não significa trabalhar com resultados ou produtivamente.

Pergunte-se:

– Estarei a gerir bem a minha agenda de trabalho? Deixo espaço para as minhas prioridades, sejam elas puramente pessoais ou familiares?

– Permito-me descansar e ter hábitos que contribuem para a minha saúde mental e física?

– Estarei inconscientemente a seguir o exemplo de liderança do meu/minha chefe, sendo workaholic?

-Tenho a crença de que preciso trabalhar muitas horas? Creio que só a trabalhar muitas horas poderei progredir?

– Sente necessidade de provar aos outros que trabalha muito?

– O que me move a estar assim tão ocupado e sem tempo para mim? É uma decisão consciente?

Balancín- Mirada Sistémica

De seguida, pode fazer pequenas alterações para recuperar algum controle sobre seu tempo.

Experimente :

– Ter objetivos relacionados com o seu bem-estar – um pequeno passo é melhor do que nenhum.

– Sair do trabalho à hora de saída pelo menos dois dias por semana e desfrutar do fim de semana.

– Fazer algo que adora durante dois dias por semana.

– Pode Informar o/a chefe de que nem sempre poderá estar disponível após o expediente para responder. Que continua focado mas essa pausa é importante e ajudá-lo-á a estar mais presente e produtivo nas horas de expediente.

– Aposte numa gestão das suas prioridades e numa comunicação efetiva.

– Também pode ser útil redefinir o seu tempo livre – não é um tempo improdutivo, é um tempo que o ajuda a recarregar as baterias.

Se, ainda assim não consegue fazer mudanças no sentido de equilibrar a vida pessoal e profissional como deseja, pode pedir ajuda a um coach profissional que o acompanhará no processo de mudança.

Nídia Costa, Coach Profissional

Esta dica foi inspirada na rubrica Tip of the day da Harvard Business Review: “Por que os jovens profissionais devem priorizar o descanso em vez do trabalho”, de Marcello Russo e Ioana Lupu

Acerca de:
Acerca de
Visitas:678

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *